Resolução – PUC-Campinas 2016 – Ciências Naturais

Questão 16

Por suas características, a taxonomia zoológica classifica o homem entre os primatas. Considere o esquema abaixo, que representa uma das hipóteses sobre a filogenia desse grupo durante os últimos 60 milhões de anos.

Analisando-se esse esquema, é correto afirmar que
(A) o chimpanzé e o homem têm um ancestral comum.
(B) o homem surgiu aproximadamente há 50 milhões de anos.
(C) o gibão e o orangotango são parentes próximos dos prossímios atuais.
(D) os macacos do Novo Mundo são mais evoluídos do que os do Velho Mundo.
(E) o gorila é o parente mais próximo do homem.
Solução:
a) (V) como o Chipanzé e o homem tem um nó em comum na ramificação, significa que eles tem um ancestral em comum.
b) (F) a ramificação do homem surge, de acordo com a figura, há 10 milhões de anos.
c) (F) os prossímios atuais surgem há 60 milhões de anos enquanto o Gibão e o Orangotango surgem há 20 milhões de anos, aproximadamente. Além disso, há muitas ramificações entre os prossímios atuais e o Gibão e Orangotango.
d) (F) Os termos “Novo Mundo" e “Velho Mundo" não se referem a evolução, mas sim ao lugar em que esses macacos foram encontrados: o Velho Mundo significa Europa e Ásia, o Novo Mundo significa as Américas.
e) (F) O Gorila não se divide diretamente com o homem na ramificação, portanto não é seu parente mais próximo. O parente mais próximo do homem é o Chipanzé.
Resposta: letra A.

Questão 17

300x250-generica
Em agosto deste ano realizou-se na China o campeonato mundial de atletismo, no qual um dos eventos mais aguardados era a prova de 100 m masculino, que acabou sendo vencida pelo jamaicano Usain Bolt, com o tempo de 9,79 s. O tempo do segundo colocado, o americano Justin Gatlin, foi de 9,80 s. A diferença entre os dois atletas na chegada foi de aproximadamente:
(A) 0,1 mm.
(B) 1 mm.
(C) 1 cm.
(D) 10 cm.
(E) 1 m.
Solução:
A velocidade de Justin Gatlin é \[v = \frac{\Delta S}{\Delta t} \longrightarrow v = {100}{9,8} \longrightarrow v = 10,2\, m/s\] Como ele demorou 0,01 s a mais que Usain Bolt para terminar a prova, só precisamos calcular qual foi a distância que ele percorreu nesse tempo. \[v = \frac{\Delta S}{\Delta t} \longrightarrow 10,2 = \frac{d}{0,01} \longrightarrow d \cong 10\, cm\] Resposta: letra D.

Questão 18

Há muito, muito tempo, quando ocorreu a origem da vida na Terra, surgiram vários processos biológicos. Tendo em vista as condições ambientais existentes então, podemos afirmar que a sequência correta do aparecimento dos processos abaixo foi a mostrada em
(A) respiração aeróbia $$\longrightarrow$$ fermentação $$\longrightarrow$$ fotossíntese.
(B) fermentação $$\longrightarrow$$ respiração aeróbia $$\longrightarrow$$ fotossíntese.
(C) fermentação $$\longrightarrow$$ fotossíntese $$\longrightarrow$$ respiração aeróbia.
(D) fotossíntese $$\longrightarrow$$ respiração aeróbia $$\longrightarrow$$ fermentação.
(E) fotossíntese $$\longrightarrow$$ fermentação $$\longrightarrow$$ respiração aeróbia.
Solução:
A primeira forma de obtenção de energia pelos seres vivos foi a fermentação, pois não havia oxigênio na atmosfera. Depois surgiu a fotossíntese, que começou a liberar oxigênio no meio, possibilitando o surgimento da respiração aeróbia.
Resposta: letra C.

Questão 19

Para se calcular o coeficiente de atrito dinâmico entre uma moeda e uma chapa de fórmica, a moeda foi colocada para deslizar pela chapa, colocada em um ângulo de 37° com a horizontal. Foi possível medir que a moeda, partindo do repouso, deslizou 2,0 m em um intervalo de tempo
de 1,0 s, em movimento uniformemente variado. Adote $$g = 10\, m/s^{2}$$, sen 37° = 0,60 e cos 37° = 0,80. Nessas condições, o coeficiente de atrito dinâmico entre as superfícies vale
(A) 0,15.
(B) 0,20.
(C) 0,25.
(D) 0,30.
(E) 0,40.
Solução:
Primeiro precisamos calcular a aceleração com que a moeda desce a rampa: \[S = S_{0} +v_{0}\cdot t +\frac{a\cdot t^{2}}{2} \longrightarrow 2 = 0 + 0\cdot 1 +\frac{a\cdot 1^{2}}{2} \longrightarrow a = 4\, m/s^{2}\]

Agora podemos utilizar a equação de Newton para força. \[F_{R} = m\cdot a \longrightarrow P_{y} – F_{at} = m\cdot a \longrightarrow P\cdot sen(37^{\circ}) – N\cdot\mu = m\cdot a \longrightarrow m\cdot g\cdot sen(37^{\circ}) – P\cdot cos(37^{\circ})\cdot\mu = m\cdot a \longrightarrow m\cdot g\cdot sen(37^{\circ}) – m\cdot g\cdot cos(37^{\circ})\cdot\mu = m\cdot a \longrightarrow 10\cdot 0,6 – 10\cdot 0,8\cdot\mu = 4 \longrightarrow \mu = 0,25\] Resposta: letra C.

Questão 20

Durante a fusão nuclear que ocorre no Sol, formam-se átomos de hélio $$^{4} _{2} He$$. Esse átomo possui
(A) 2 prótons e 2 nêutrons.
(B) 2 prótons e 4 nêutrons.
(C) 2 prótons e nenhum nêutron.
(D) 4 prótons e 2 nêutrons.
(E) 4 prótons e nenhum nêutron.
Solução:
O número de baixo, 2, representa a quantidade de prótons presentes no núcleo do Hélio. O número de cima, 4, representa a massa atômica do Hélio. Sabemos que prótons e neutrons tem 1 u de massa atômica, enquanto os elétrons não tem massa atômica significativa. Portanto, para completar a massa atômica de 4 u, tendo dois prótons, são necessários 2 neutrons.
Resposta: letra A.

Comentários

300x250-728_90-livros2