Resolução – UNESP 2016 (1ª Fase) – Apêndice

Algumas questões de Biologia e Química

Questão

Em uma área, as aves de uma certa espécie alimentavam-se dos insetos que atacavam uma plantação. As aves também consumiam cerca de 10% da produção de grãos dessa lavoura. Para evitar tal perda, o proprietário obteve autorização para a caça às aves (momento A) em sua área de plantio, mas o resultado, ao longo do tempo, foi uma queda na produção de grãos. A caça às aves foi proibida (momento B) e a produção de grãos aumentou a partir de então, mas não chegou aos níveis anteriores. Ao longo de todo esse processo, a população do único predador natural dessas aves também foi afetada. No gráfico estão representados os momentos A e B e as linhas representam a variação das populações de aves, de insetos que atacam a plantação e de predadores das aves, bem como a produção de grãos, ao longo do tempo.

No gráfico, as linhas
(A) 2, 3 e 4 representam, respectivamente, a população de insetos, a população das aves e a população de seu predador.
(B) 1, 3 e 4 representam, respectivamente, a população das aves, os grãos produzidos pela agricultura e a população de insetos.
(C) 2, 3 e 4 representam, respectivamente, os grãos produzidos pela agricultura, a população do predador das aves e a população das aves.
(D) 1, 2 e 3 representam, respectivamente, os grãos produzidos pela agricultura, a população de insetos e a população das aves.
(E) 1, 2 e 3 representam, respectivamente, os grãos produzidos pela agricultura, a população das aves e a população de seu predador.
Solução:
No momento A:
– a população das aves diminuiu, por conta da caça;
– A população de insetos aumentou, por falta de predador;
– a população de predador da ave diminuiu, por falta de alimento;
– a produção de grãos caiu.
No momento B:
– a população de aves aumentou, pois a caça foi proibida;
– a população de insetos diminuiu, já que a população de aves aumentou;
– a população de predadores das aves aumentou, já que a quantidade de comida aumentou;
– a produção de grãos aumentou, mas não chegou nos níveis anteriores.
Disso podemos concluir que
– O gráfico 1 é a produção de grãos, pois houve uma queda depois do momento A e começou a subir novamente depois do momento B, sendo que não voltou aos mesmos níveis.
– O gráfico 2 representa a população de insetos, pois é a única que cresce depois do momento A e cai depois do momento B.
– O gráfico 3 representa a população de aves, pois cai no momento A e cresce no momento B ficando num nível mais alto que antes.
– O gráfico 4 representa os predadores da aves, já que cai levemente no momento A e volta a se estabilizar depois do momento B.
Respostas: letras A e D.

Questão

O cogumelo shimeji (Pleurotus ostreatus) aos poucos vai se incorporando à culinária das grandes cidades brasileiras. Encontrado facilmente em supermercados, é usado como principal ingrediente de molhos, refogados, risotos e outros pratos.

Sobre o cogumelo shimeji, foram feitas as assertivas:
1. Trata-se de um fungo, um organismo heterótrofo que não faz fotossíntese e não produz seu próprio alimento.
2. Por ser um fungo, não sintetiza proteínas e carboidratos, tendo baixo valor nutricional.
Sobre essas assertivas, é correto dizer que
(A) ambas estão corretas, e a segunda assertiva não é consequência da primeira, uma vez que a fotossíntese não é condição para a síntese de proteínas.
(B) ambas estão erradas, pois os fungos são organismos autótrofos que sintetizam seu próprio alimento, são ricos em carboidratos e proteínas e têm grande valor nutricional.
(C) a primeira está errada e a segunda está correta, pois, embora sejam fungos e não realizem fotossíntese, os cogumelos são autótrofos e sintetizam seu próprio alimento.
(D) ambas estão corretas, e a segunda delas é consequência da primeira, uma vez que organismos que não fazem fotossíntese não sintetizam proteínas e carboidratos.
(E) a primeira está correta e a segunda está errada, uma vez que, embora não realizem fotossíntese, os fungos sintetizam proteínas e carboidratos.
Solução:
Fungos são organismos heterótrofos, ou seja, não produzem seu próprio alimento, mas se alimentam de outros organismos. A partir desse alimento, produz proteínas e carboidratos para obter energia e matéria para crescer.
Resposta: letra E.

Questão

Na figura, uma demonstração feita com garrafa pet, tubos e balões de borracha simula o funcionamento do sistema respiratório humano.

Sobre o sistema respiratório humano e as estruturas que o representam na demonstração, é correto afirmar que
(A) o movimento da mão esticando a borracha corresponde ao relaxamento do diafragma, em resposta a estímulos de quimiorreceptores localizados no bulbo, que detectam a baixa concentração de $$O_{2}$$ no sangue e promovem a inspiração.
(B) o movimento da mão esticando a borracha corresponde à contração do diafragma, por ação do bulbo quando o pH do sangue circulante diminui em razão da formação de ácido carbônico no plasma.
(C) a garrafa pet corresponde à pleura, membrana dupla que envolve os pulmões e que apresenta quimiorreceptores sensíveis à variação de $$O_{2}$$ e $$CO_{2}$$ nos capilares alveolares, desencadeando os movimentos de inspiração e expiração.
(D) a garrafa pet corresponde à parede da caixa torácica que, ao manter o volume torácico constante, permite que os pulmões, representados pelos balões, se inflem na inspiração e se esvaziem na expiração, expulsando o ar rico em $$CO_{2}$$.
(E) os tubos que penetram na garrafa correspondem à traqueia e aos brônquios que, embora não apresentem movimentos de contração e relaxamento, favorecendo a movimentação do ar nas vias respiratórias, possuem válvulas que impedem a mistura do ar rico em $$O_{2}$$ com o ar rico em $$CO_{2}$$.
Solução:
A mão puxando a borracha representa a contração do diafragma, controlada pelo bulbo, em resposta à detecção do pH baixo do sangue em razão da formação de ácido carbônico no plasma.
Resposta: letra B.

Questão

HP Brazil
Sílvio e Fátima têm três filhos, um deles fruto do primeiro casamento de um dos cônjuges. Sílvio é de tipo sanguíneo AB Rh– e Fátima de tipo O Rh+. Dentre os filhos, Paulo é de tipo sanguíneo A Rh+, Mário é de tipo B Rh– e Lucas é de tipo AB Rh+. Sobre o parentesco genético nessa família, é correto afirmar que
(A) Paulo e Mário são irmãos por parte de pai e por parte de mãe, e Lucas é filho de Sílvio e não de Fátima.
(B) Lucas e Mário são meios-irmãos, mas não se pode afirmar qual deles é fruto do primeiro casamento.
(C) Paulo e Lucas são meios-irmãos, mas não se pode afirmar qual deles é fruto do primeiro casamento.
(D) Paulo e Mário são meios-irmãos, mas não se pode afirmar qual deles é fruto do primeiro casamento.
(E) Lucas e Mário são irmãos por parte de pai e por parte de mãe, e Paulo é filho de Sílvio e não de Fátima.
Solução:
Sílvio pode doar o tipo A ou o tipo B para os filhos. Fátima somente pode doar o tipo O, que é recessivo. Como Lucas é do tipo AB, significa que ele recebeu um do pai e outro da mãe. Como a Fátima não pode doar nem A nem B para os filhos, o Lucas não é filho dela.
Resposta: letra A.

Questão

O ano de 2015 foi eleito como o Ano Internacional da Luz, devido à importância da luz para o Universo e para a humanidade. A iluminação artificial, que garantiu a iluminação noturna, impactou diretamente a qualidade de vida do homem e o desenvolvimento da civilização. A geração de luz em uma lâmpada incandescente se deve ao aquecimento de seu filamento de tungstênio provocado pela passagem de corrente elétrica, envolvendo temperaturas ao redor de 3000°C. Algumas informações e propriedades do isótopo estável do tungstênio estão apresentadas na tabela.

A partir das informações contidas no texto, é correto afirmar que a propriedade que justifica adequadamente o uso do tungstênio em lâmpadas incandescentes é:
(A) apresentar alta densidade.
(B) apresentar alta eletronegatividade.
(C) ser um elemento inerte.
(D) apresentar alto ponto de fusão.
(E) ser um metal de transição.
Solução:
Como a lâmpada atinge temperaturas de 3000°C, foi necessário utilizar um metal que tivesse alto ponto de fusão.
Resposta: letra D.
Leia o texto para responder à próxima questão.
A luz branca é composta por ondas eletromagnéticas de todas as frequências do espectro visível. O espectro de radiação emitido por um elemento, quando submetido a um arco elétrico ou a altas temperaturas, é descontínuo e apresenta uma de suas linhas com maior intensidade, o que fornece “uma impressão digital” desse elemento. Quando essas linhas estão situadas na região da radiação visível, é possível identificar diferentes elementos químicos por meio dos chamados testes de chama. A tabela apresenta as cores características emitidas por alguns elementos no teste de chama:

Questão

Uma estudante preparou 10,0 mL de uma solução 1,00 mol · L –1 de cloreto de um dos metais apresentados na tabela do texto a fim de realizar um teste de chama em laboratório. No teste de chama houve liberação de luz vermelha intensa. A partir das informações contidas no texto e utilizando a classificação periódica dos elementos, assinale a alternativa que apresenta a massa do sal utilizado pela estudante, em gramas, e a sua fórmula.
(A) 1,11 e $$CaCl_{2}$$.
(B) 7,56 e $$CaCl$$.
(C) 11,1 e $$CaCl_{2}$$.
(D) 0,756 e $$CaCl$$.
(E) 0,111 e $$CaCl_{2}$$.

Solução:

O elemento é o cálcio, segundo a tabela, como a cor vermelha para o teste de chama. A fórmula do cloreto será $$CaCl_{2}$$ pois o cálcio é $$Ca^{2+}$$ e o cloro é $$Cl^{-}$$ A massa molar do cálcio é 40 g/mol, e do cloro é 35,5 g/mol. Logo são $$40 + 2\cdot 35,5 = 111 g/mol$$ de $$CaCl_{2}$$ na solução de 1 mol/L. Como a estudante pegou 10 mL da solução, temos

111 g —— 1 L

m —— $$10\cdot 10^{-3}\, L$$

m = 1,11 g de $$CaCl_{2}$$

Resposta: letra A.

Leia o texto para responder à próxima questão.
A bioluminescência é o fenômeno de emissão de luz visível por certos organismos vivos, resultante de uma reação química entre uma substância sintetizada pelo próprio organismo (luciferina) e oxigênio molecular, na presença de uma enzima (luciferase). Como resultado dessa reação
bioquímica é gerado um produto em um estado eletronicamente excitado (oxiluciferina*). Este produto, por sua vez, desativa-se por meio da emissão de luz visível, formando o produto no estado normal ou fundamental (oxiluciferina). Ao final, a concentração de luciferase permanece constante.

O esquema ilustra o mecanismo geral da reação de bioluminescência de vagalumes, no qual são formados dois produtos diferentes em estados eletronicamente excitados, responsáveis pela emissão de luz na cor verde ou na cor vermelha.

Questão

A partir das informações contidas no texto, é correto afirmar que a enzima luciferase
(A) aumenta a energia de ativação da reação global de formação da oxiluciferina.
(B) é um dos produtos da reação.
(C) é responsável pela emissão de luz.
(D) é o intermediário da reação, a partir do qual se originam os produtos.
(E) atua como catalisador, pois interfere na reação sem ser consumida no processo.
Solução:
A luciferase é um catalisador da reação, pois sua massa permanece constante.
Resposta: letra E.
Comentários

Loja iPlace
Banner Gif 3 300x250