Física Química Unesp

Resolução – UNESP 2017 – Meio do Ano – Ciências da Natureza – 1ª Fase (continuação 2)

Questões Anteriores

Questão 69

Diversos compostos do gás nobre xenônio foram sintetizados a partir dos anos 60 do século XX, fazendo cair por terra a ideia que se tinha sobre a total estabilidade dos gases nobres, que eram conhecidos como gases inertes. Entre esses compostos está o tetrafluoreto de xenônio ($$XeF_{4}$$), um sólido volátil obtido pela reação, realizada a 400°C, entre xenônio e flúor gasosos. A equação química que representa essa reação é
(A) $$Xe^{4+}\, (g) + 4F^{-}\, (g) \longrightarrow XeF_{4}\, (s)$$
(B) $$2Xe^{4+}\, (g) + 2F^{2-}\, (g) \longrightarrow 2XeF_{4}\, (s)$$
(C) $$Xe\, (g) + F_{4}\, (g) \longrightarrow XeF_{4}\, (s)$$
(D) $$Xe\, (g) + 2F_{2}\, (g) \longrightarrow XeF_{4}\, (s)$$
(E) $$Xe_{2}\, (g) + 2F_{2}\, (g) \longrightarrow 2XeF_{4}\, (s)$$

Solução:

O gás xenônio é representado por Xe e o gás flúor é representado por $$F_{2}$$, assim temos que um átomo de gás xenônio combinado com duas moléculas de gás flúor resultam em uma molécula de tetrafluoreto de xenônio.

Resposta: letra D.

Questão 70

A carga elétrica do elétron é $$-1,6\cdot 10^{-19}\, C$$ e a do próton é $$+1,6\cdot 10^{-19}\, C$$. A quantidade total de carga elétrica resultante presente na espécie química representada por $$^{40} Ca^{2+}$$ é igual a
(A) $$20\cdot (+1,6\cdot 10^{-19})\, C$$.
(B) $$20\cdot (-1,6\cdot 10^{-19})\, C$$.
(C) $$2\cdot (-1,6\cdot 10^{-19})\, C$$.
(D) $$40\cdot (+1,6\cdot 10^{-19})\, C$$.
(E) $$2\cdot (+1,6\cdot 10^{-19})\, C$$.

Solução:

O índice sobrescrito 2+ significa que o elemento possui duas cargas positivas a mais (ou dois prótons a mais que elétrons), ou seja, está carregado positivamente e sua carga é duas vezes a carga elétrica do próton.

Resposta: letra E.

Questão 71

A 20°C, a solubilidade do açúcar comum ($$C_{12} H_{22} O_{11}$$; massa molar = 342 g/mol) em água é cerca de 2,0 kg/L, enquanto a do sal comum (NaCl; massa molar = 58,5 g/mol) é cerca de 0,35 kg/L. A comparação de iguais volumes de soluções saturadas dessas duas substâncias permite afirmar corretamente que, em relação à quantidade total em mol de íons na solução de sal, a quantidade total em mol de moléculas de soluto dissolvidas na solução de açúcar é, aproximadamente,
(A) a mesma.
(B) 6 vezes maior.
(C) 6 vezes menor.
(D) a metade.
(E) o triplo.

Solução:

Vamos considerar que o volume de solução para ambos os casos seja 1 L, como as soluções estão saturada, utilizaremos o valor máximo de solubilidade para cada caso. No caso do açúcar, teremos

342 g ———- 1 mol

2000 g ———- $$M_{a}$$

$$M_{a} = 5,84\, mol$$

Para o sal será

58,5 g ———- 1 mol

350 g ———- $$M_{s}$$

$$M_{s} = 5,98\, mol$$

Porém, o sal se dissocia em dois íons, logo $$M_{s}’ = 2\cdot 5,98 \longrightarrow M_{s}’ = 11,97\, mol$$

Agora basta saber quanto é a massa de açúcar em relação à massa de sal: \[\frac{M_{a}}{M_{s}’} = \frac{5,84}{11,97} \longrightarrow \frac{M_{a}}{M_{s}’} \cong 0,5\] Resposta: letra D.

Próximas Questões

Sobre o autor

Guimarães

Comentários

plenussapientia