Química Unesp

Resolução – Unesp 2018 – Meio do Ano – Química – 1ª Fase

Questão

O quadro fornece indicações sobre a solubilidade de alguns compostos iônicos inorgânicos em água a 20°C.

Em um laboratório, uma solução aquosa obtida a partir da reação de uma liga metálica com ácido nítrico contém nitrato de cobre(II) e nitrato de prata. Dessa solução, pretende-se remover, por precipitação, íons de prata e íons de cobre(II), separadamente. Para tanto, pode-se adicionar à mistura uma solução aquosa de
(A) nitrato de sódio e filtrar a mistura resultante.
(B) cloreto de sódio, filtrar a mistura resultante e, ao filtrado, adicionar uma solução aquosa de hidróxido de sódio.
(C) hidróxido de sódio, filtrar a mistura resultante e, ao filtrado, adicionar uma solução aquosa de cloreto de sódio.
(D) hidróxido de sódio e filtrar a mistura resultante.
(E) cloreto de sódio e filtrar a mistura resultante.

Solução:

Vamos avaliar todas as alternativas:

A) Se adicionarmos nitrato de sódio à solução, obteremos nitrato de prata e nitrato de cobre (II) que também são solúveis em água, portanto não conseguiremos separá-los.

B) Adicionando cloreto de sódio, obteremos cloreto de prata, que é pouco solúvel. Após filtrar, a adição de hidróxido de sódio nos dará hidróxido de cobre (II), que também é pouco solúvel. Sendo assim, conseguimos separar a prata do cobre (II).

C) Essa opção é contrária da B e não surte efeito, pois ambos o hidróxido de prata e o de cobre (II) são pouco solúveis em água. Portanto não seria possível separá-los, pois os dois precipitariam juntos.

D) Essa também não irá funcionar, pelo mesmo motivo da letra C.

E) Se adicionarmos apenas cloreto de sódio, obteremos apenas a prata, sem obter o cobre (II).

Resposta: letra B.


Questão

O cloreto de cobalto(II) anidro, $$CoCl_{2}$$, é um sal de cor azul, que pode ser utilizado como indicador de umidade, pois torna-se rosa em presença de água. Obtém-se esse sal pelo aquecimento do cloreto de cobalto(II) hexa-hidratado, $$CoCl_{2} .6H_{2} O$$, de cor rosa, com liberação de vapor de água.

A massa de sal anidro obtida pela desidratação completa de 0,1 mol de sal hidratado é, aproximadamente,
(A) 11 g.
(B) 13 g.
(C) 24 g.
(D) 130 g.
(E) 240 g.

Solução:

 


Questão

Dos extensos efeitos nocivos que a radiação ionizante provoca na matéria viva, afigura-se a geração de radicais livres, que são espécies químicas eletricamente neutras que apresentam um ou mais elétrons desemparelhados na camada de valência. O íon cloreto, por exemplo, que, quantitativamente, constitui o principal ânion do plasma, transforma- se no radical livre $$Cl^{●}$$, com 7 elétrons na camada de valência, podendo, assim, reagir facilmente com as biomoléculas, alterando o comportamento bioquímico de muitas proteínas solúveis do meio sanguíneo e também os constituintes membranários de células: hemácias, leucócitos, plaquetas.

(José Luiz Signorini e Sérgio Luís Signorini. Atividade física e radicais livres, 1993. Adaptado.)

Ao transformar-se em radical livre, o ânion cloreto
(A) ganha 1 próton.
(B) ganha 1 elétron.
(C) perde 1 elétron.
(D) perde 1 nêutron.
(E) ganha 1 nêutron.

Solução:

O ânion cloro possui carga -1. Como o radical livre cloro é neutro, significa que o cloro perde um elétron.

Resposta: letra C.


Questão

Analise o gráfico que mostra a variação da eletronegatividade em função do número atômico.

Devem unir-se entre si por ligação iônica os elementos de números atômicos
(A) 17 e 35.
(B) 69 e 70.
(C) 17 e 57.
(D) 15 e 16.
(E) 12 e 20.

Solução:

Se entrarmos no gráfico com os números atômicos fornecidos nas respostas, percebemos que o par com a eletronegatividade mais distante é 17 e 57. Consultando a tabela periódica temos Cloro (Cl) e Lantânio (La), respectivamente. Por terem valor de eletronegatividade muito distantes, estão mais propensos a se ligarem.

Resposta: letra C.


Próximas Questões

Sobre o autor

Guimarães