Resolução – UNESP 2016 Meio do Ano – Química (continuação)

Questões Anteriores

Questão

A imagem mostra o primeiro avião do mundo movido a etanol ($$C_{2} H_{5} OH$$), o avião agrícola Ipanema, de fabricação brasileira.

Considere que a velocidade de cruzeiro dessa aeronave seja 220 km/h, que o consumo de combustível nessa velocidade seja 100 L/h, que cada litro de combustível contenha 0,8 kg de $$C_{2} H_{5} OH$$ e que a combustão seja completa. Em um percurso de 110 km, à velocidade de cruzeiro constante, a massa de dióxido de carbono lançada ao ar devido à combustão, em kg, é próxima de
(A) 55.
(B) 22.
(C) 77.
(D) 33.
(E) 88.

Solução:

Primeiro precisamos calcular quanto tempo leva para o avião percorrer essa distância: \[v = \frac{\Delta S}{\Delta t} \longrightarrow 220 = \frac{110}{\Delta t} \longrightarrow \Delta t = 0,5\, h\] Com isso podemos calcular o volume de combustível gasto no percurso:

100 l ———- 1 h

V ———- 0,5 h

V = 50 l de combustível

Agora podemos calcular a massa de etanol contida nesse volume de combustível:

1 l ———- 0,8 kg de etanol

50 l ———- m

m = 40 kg de etanol

Precisamos montar agora a equação balanceada da reação de combustão completa do etanol:

$$C_{2} H_{5} OH + 3O_{2} \longrightarrow 2CO_{2} + 3H_{2} O$$

Porém a estequiometria trabalha com mols, portanto precisamos descobrir quantos gramas tem cada mol de etanol e de dióxido de carbono.

$$C_{2} H_{5} OH$$ = 2×12 + 5×1 + 16 + 1 = 46 g/mol.

$$CO_{2}$$ = 12 + 2×16 = 44 g/mol.

Na estequiometria vemos que para cada mol de etanol temos dois mols de dióxido de carbono, portanto para cada 46 g de etanol, são produzidos 2×44 = 88 g de dióxido de carbono. Como sabemos a massa de etanol gasta no percurso, basta fazer outra regra de três:

46 g de etanol ———- 88 g de $$CO_{2}$$

40 kg de etanol ———- x

x = 77 kg de $$CO_{2}$$

Resposta: letra C.

Questão

Banner Gif 3 300x250

Os gráficos ilustram a atividade catalítica de enzimas em função da temperatura e do pH.

A pepsina é uma enzima presente no suco gástrico, que catalisa a hidrólise de proteínas, como a albumina, constituinte da clara do ovo. Em um experimento foram utilizados cinco tubos de ensaio contendo quantidades iguais de clara de ovo cozida e quantidades iguais de pepsina. A esses tubos, mantidos em diferentes temperaturas, foram acrescentados iguais volumes de diferentes soluções aquosas. Assinale a alternativa que indica corretamente qual tubo de ensaio teve a albumina transformada mais rapidamente.

Solução:

No primeiro gráfico, vemos que o ponto de temperatura em que a enzima trabalha melhor é 40°C. Portanto podemos excluir a letra B e a letra E.

No segundo gráfico, vemos que a pepsina age melhor em pH = 2. Portanto temos que ter um ácido em solução, no caso o HCl. Dessa forma eliminamos a letra A.

Para termos pH = 2, precisamos ter uma solução de $$10^{-2}\, mol/L$$ de HCl, pois $$pH = – log [H^{+}] \longrightarrow pH = – log [10^{-2}] \longrightarrow pH = 2$$.

Resposta: letra C.

Questão

Nas últimas décadas, o dióxido de enxofre ($$SO_{2}$$) tem sido o principal contaminante atmosférico que afeta a distribuição de liquens em áreas urbanas e industriais. Os liquens absorvem o dióxido de enxofre e, havendo repetidas exposições a esse poluente, eles acumulam altos níveis de sulfatos ($$SO_{4} ^{2-}$$) e bissulfatos ($$HSO_{4} ^{-}$$), o que incapacita os constituintes dos liquens de realizarem funções vitais, como fotossíntese, respiração e, em alguns casos, fixação de nitrogênio.

(Rubén Lijteroff et al. Revista Internacional de contaminación ambiental, maio de 2009. Adaptado.)

Nessa transformação do dióxido de enxofre em sulfatos e bissulfatos, o número de oxidação do elemento enxofre varia de________ para_______, portanto, sofre______. As lacunas desse texto são, correta e respectivamente, preenchidas por:
(A) –4; –6 e redução.
(B) +4; +6 e oxidação.
(C) +2; +4 e redução.
(D) +2; +4 e oxidação.
(E) –2; –4 e oxidação.

Solução:

Precisamos calcular o número de oxidação (Nox) de cada molécula. Sabemos que:

  • em uma molécula neutra, a soma do Nox de seus átomos deve ser igual a zero;
  • em um íon, a soma do Nox de seus átomos deve ser igual à sua carga;
  • O Nox do oxigênio vale -2 e o Nox do hidrogênio vale +1 para qualquer molécula.

$$SO_{2} \longrightarrow Nox = 0 \longrightarrow 2\cdot (-2) + Nox_{S} = 0 \longrightarrow Nox_{S} = +4$$

$$SO_{4} ^{2-} \longrightarrow Nox = -2 \longrightarrow 4\cdot (-2) + Nox_{S} = -2 \longrightarrow Nox_{S} = +6$$

$$HSO_{4} ^{-} \longrightarrow Nox = -1 \longrightarrow +1 + 4\cdot (-2) + Nox_{S} = -1 \longrightarrow Nox_{S} = +6$$

Podemos perceber que o enxofre passo de Nox = +4 para Nox = +6, sofrendo uma oxidação, pois o número de átomos de oxigênio aumentou de 2 para 4.

Resposta: letra B.

Questão

14-r052br 300x250

No gráfico estão representadas as curvas típicas de velocidade de crescimento, em cm/ano, em função da idade, em anos, para meninos e meninas de 0 a 20 anos de idade. Estão indicados, também, para os dois gêneros, trechos de aceleração e desaceleração do crescimento e os pontos de início do estirão da adolescência e de término de crescimento.

Considerando apenas as informações contidas no gráfico, é correto afirmar que:
(A) após o período de aceleração no crescimento, tanto os meninos quanto as meninas param de crescer.
(B) as meninas atingem sua maior estatura por volta dos 12 anos de idade e os meninos, por volta dos 14 anos de idade.
(C) se um menino e uma menina nascem com a mesma estatura, ao final do período de crescimento eles também terão a mesma estatura.
(D) desde o início dos respectivos estirões do crescimento na adolescência, até o final do crescimento, os meninos crescem menos do que as meninas.
(E) entre 4 e 8 anos de idade, os meninos e as meninas sofrem variações iguais em suas estaturas.

Solução:

a) Falso. Nenhum dos dois para de crescer. Acontece uma desaceleração da taxa de crescimento, mas tanto meninos quanto meninas continuam crescendo.

b) Falso. Aos doze e aos quatorze, meninas e meninos, respectivamente, alcançam sua maior taxa de crescimento. É o período em que há mais variação de estatura. Porém a maior estatura será alcançada aos quinze para as meninas e aos 17/18 para os meninos, quando acontece o término do crescimento.

c) Falso. Apesar de terem a mesma altura ao nascer, os meninos tem maior período de crescimento e atingem uma variação de estatu maior, portanto crescerão mais que as meninas.

d) Falso. Pois se observarmos o pico dos gráficos, o pico do gráfico azul (meninos) é maior que o pico do gráfico vermelho (meninas), significando que os meninos atingem uma variação maior de estatura, portanto crescendo mais.

e) Verdadeiro, observando os gráficos, podemos ver que ambos se sobrepõe o que indica mesmas variações de estatura.

Comentários

Loja iPlace
Banner 300 x 250
Almofada SW gif