UERJ 2018 – 1º Exame de Qualificação – Ciências da Natureza (continuação 3)

Questões Anteriores

Questão 44

O processo de dispersão de sementes é encontrado na maioria das espécies vegetais. Uma vantagem evolutiva decorrente desse processo é:
(A) produção de flores vistosas
(B) conquista de novos ambientes
(C) desenvolvimento de frutos secos
(D) fecundação independente da água

Solução:

Quando ocorre a dispersão de sementes, estas “viajam” e podem cair em solos distantes da planta que gerou essas sementes, fazendo a mesma espécie brota em novos ambientes.

Resposta: letra B.

Questão 45

A cromatografia é uma técnica de separação de substâncias orgânicas a partir da polaridade das suas moléculas. Admita que um corante natural foi analisado por essa técnica e que sua composição apresenta as seguintes substâncias:

Após a separação cromatográfica, as moléculas do corante se distribuíram em duas fases: na primeira, identificaram-se as moléculas com grupamentos polares; na segunda, a molécula apolar. A substância presente na segunda fase é indicada por:
(A) I
(B) II
(C) III
(D) IV

Solução:

Podemos observar que as substâncias II, III e IV possuem o grupamento OH, que é polar. A única substância que não tem esse agrupamento e nenhum outro grupamento polar, é a substância I. Portanto esta foi a substância presente na segunda fase.

Resposta: letra A.

Questão 46

Em células eucariotas, a cromatina pode se apresentar como eucromatina, uma forma não espiralada, ou como heterocromatina, uma forma muito espiralada. Na metáfase, muitas regiões de eucromatina se transformam em heterocromatina, formando cromossomos bastante espiralados, conforme mostra o esquema.

Considerando uma mitose típica, a formação do cromossomo bastante espiralado favorece o seguinte processo:
(A) transcrição dos genes pela RNA polimerase
(B) distribuição do DNA para células-filhas
(C) síntese de proteínas nos ribossomos
(D) redução do cariótipo original

Solução:

Com a formação do cromossomo bastante espiralado, é mais fácil a distribuição do DNA para as células-filhas, pois torna-se menos próvavel a quebra e a perda de partes do cromossomo durante a mitose.

Questão 47

A hemoglobina é uma proteína de elevada massa molar, responsável pelo transporte de oxigênio na corrente sanguínea. Esse transporte pode ser representado pela equação química abaixo, em que HB corresponde à hemoglobina. \[HB + 4 O_{2} \longrightarrow HB(O_{2})_{4}\]
Em um experimento, constatou-se que 1 g de hemoglobina é capaz de transportar $$2,24\cdot 10^{-4}\, L$$ de oxigênio molecular com comportamento ideal, nas CNTP. A massa molar, em g/mol, da hemoglobina utilizada no experimento é igual a:
(A) $$1\cdot 10^{5}$$
(B) $$2\cdot 10^{5}$$
(C) $$3\cdot 10^{5}$$
(D) $$4\cdot 10^{5}$$

Solução:

No caderno de prova, junto da tabela periódica, temos a informação de que o gás ideal tem 22,4 L/mol nas CNTP. Então podemos calcular quantos mols de $$O_{2}$$ foram utilizados no experimento.

22,4 L ———- 1 mol $$O_{2}$$

$$2,24\cdot 10^{-4}$$ L ———- x

x = $$1\cdot 10^{-5}$$ mol

Pela equação química da hemoglobina, podemos ver que para cada mol de hemoglobina são necessários 4 mols de $$O_{2}$$, então

1 mol HB ———- 4 mol $$O_{2}$$

y ———- $$1\cdot 10^{-5}$$ mol $$O_{2}$$

y = $$2,5\cdot 10^{-6}$$ mol HB

É dito que a massa de hemoglobina usada no experimento é m = 1 g. Logo, a massa molar é \[M = \frac{m}{N_{mol}} \longrightarrow M = \frac{1}{2,5\cdot 10^{-6}} \longrightarrow M = 4\cdot 10^{5}\, g/mol\] Resposta: letra D.

Comentários

plenussapientia