Resolução – Vestibulinho ETEC – 2017 – Matemática (continuação)

Leia o texto e a tabela para responder às questões de números 35 e 36.

O aleitamento materno é a mais sábia estratégia natural de vínculo, afeto, proteção e nutrição para a criança e constitui a mais sensível, econômica e eficaz intervenção para redução da morbimortalidade infantil. Permite ainda um grandioso impacto na promoção da saúde integral da dupla mãe/bebê. Nos primeiros dias após o nascimento, o leite materno é chamado de colostro. O leite de mães de recém-nascidos prematuros é diferente do de mães de bebês a termo. A principal proteína do leite materno é a lactoalbumina e a do leite de vaca é a caseína, de difícil digestão para a espécie humana. A tabela apresenta as diferenças entre o colostro e o leite maduro, entre o leite de mães de bebês a pré-termo e de bebês a termo e entre o leite materno e o leite de vaca.

Questão 35

De acordo com o texto e a tabela, pode-se afirmar que

a) um bebê a termo de 27 dias, ao ser amamentado, ingere 7,0 g/dL de lactose.

b) a lactoalbumina, a principal proteína do leite de vaca, é de fácil digestão para o bebê.

c) o leite de vaca, por ter mais proteína que o colostro e que o leite maduro, é mais adequado para a criança.

d) o leite maduro consumido pelo bebê a pré-termo contém mais lactose que o leite de vaca e menos proteína que o colostro.

e) o colostro apresenta mais lipídios, menos proteína e menos lactose do que o leite maduro, independentemente dos dias de vida do bebê.

Solução: 

a] – Incorreta – pela tabela, a quantidade da lactose é de 6,5 g/dL .

b] – A Lactoalbumina é a proteína do leite humano.

c] – Apesar de ter mais proteína, não é dito ser indicado às crianças, pois não há referência no texto sobre a quantidade de proteína adequada à criança. Ademais, é dito, no texto, que o leite bovino é de difícil digestão humana.

e] – Incorreta – pela tabela.

Resposta: d)


Questão 36

A quantidade de lactose que um bebê a pré-termo de 4 dias ingere ao ser amamentado com 80 mL de leite materno é, em gramas,

a) 0,04.

b) 0,4.

c) 4,0.

d) 40,0.

e) 400,0.

Solução:

Observamos que um bebe nestas condições deve ingerir o leite com 5,0 g/dL de lactose. Lembremo-nos de que $$80 mL = 0,8 dL$$. Fazendo a regra de três, teremos

1 dL      ———- 5,0g (lactose)

0,8 dL  ———- $$x$$

\[x=0,8\cdot 5,0 = 4\]

Resposta: c)


Questão

A alimentação saudável está entre as inúmeras atitudes que podem ser adotadas para garantir qualidade de vida. Alice, aluna de Nutrição e Dietética da Etec de Avaré, aprendeu que as leguminosas, como feijão, lentilha, grão-de-bico, entre outras, são fontes de proteínas de origem vegetal, e que o consumo regular de arroz integral traz muitos benefícios à saúde, já que ele apresenta mais nutrientes que o arroz branco. Alice preparou uma receita de arroz integral com lentilha, prato de origem árabe, utilizando quantidades iguais destes dois ingredientes. Quando ficou pronto, ela serviu-se de uma porção da receita que fez. Considerando que a lentilha tem o triplo da quantidade de proteína do arroz integral e que Alice ingeriu 28 g de proteína, provenientes apenas desses dois alimentos, pode-se concluir que ela consumiu

a) 7 g de proteína proveniente do arroz integral.

b) 9 g de proteína proveniente do arroz integral.

c) 11 g de proteína proveniente do arroz integral.

d) 23 g de proteína proveniente da lentilha.

e) 25 g de proteína proveniente da lentilha.

Solução:

Seja $$x$$ a quantidade de proteína do arroz integral, e seja $$3x$$ a quantidade de proteína na lentilha . Na refeição preparada por Alice, a soma das quantidades de proteína do arroz e da lentinha foi $$x+3x=28$$.

\[4x=28\Longrightarrow x = \frac{28}{4}=7\].

Resposta: a)

Comentários

Loading...